7 dicas de como usar porcelanatos escuros na decoração

7 dicas de como usar porcelanatos escuros na decoração
Porcelanato

Engana-se quem pensa que revestimentos escuros dão um ar sombrio e pesado aos ambientes. Seja em estilo moderno, clássico ou industrial, os porcelanatos em tons escuros são os escolhidos do momento e têm ganhado cada vez mais espaço em diversos estilos e decorações.


As vantagens de escolher porcelanatos em tons pretos, cinzas ou amadeirados são muitas e envolvem desde a limpeza e praticidade, até o estilo e facilidade de combinação dos elementos nos ambientes. A seguir daremos algumas dicas de como utilizar porcelanatos escuros na decoração com elegância e modernidade.


1. Deixe a luz entrar


Se a ideia é usar o revestimento nas paredes, como o caso de banheiros por exemplo, projete o cômodo para ter uma boa entrada de luz natural ou invista em iluminação artificial, com diversos pontos de luz. Isso irá garantir sofisticação em vez de deixar o ambiente frio e pesado.


2. Pense sempre no contraste


Essa é uma dica de ouro para quem não abre mão dos porcelanatos em tonalidades mais sóbrias. Se o piso for escuro, a parede deverá ganhar tons claros. Se a parede for escura, o piso deverá ser claro, desta forma as chances de errar são mínimas, além de contribuir para criar decorações de diversos estilos: coloridas ou monocromáticas.


3. Planeje o ambiente


Antes de sair por aí decidindo o revestimento de cada cômodo, pense no ambiente que será aplicado. Porcelanatos escuros no chão e paredes claras são uma combinação perfeita para cozinhas, pois garantem amplitude. Para o banheiro, revestimentos escuros em todas as paredes ou somente dentro do box garante sofisticação.



4. Harmonize o revestimento com a mobília


Geralmente a escolha dos móveis vêm depois dos revestimentos no processo de construção ou reforma, porém é importante que sejam pensados em conjunto. Porcelanatos escuros, tanto nas paredes quanto no chão, pedem móveis claros.

Uma boa dica para cozinhas é apostar em móveis brancos com tampões de granito da mesma tonalidade do revestimento. Nos banheiros a dica é fazer a cuba da pia revestida com o mesmo porcelanato utilizado no chão ou parede. Outra opção é apostar em uma cuba de um material que harmonize com o revestimento utilizado, como mármore, por exemplo.


5. Aposte nos tons degradê


Quando falamos de revestimentos escuros é comum que a primeira cor que vem à cabeça é o preto, no entanto tons escuros também incluem cinzas, bordôs e marrons. Um ambiente pode combinar até dois revestimentos escuros, desde que façam o efeito degradê. Em banheiros e lavabos é muito comum utilizar preto nas paredes e cinza no chão, harmonizando com louças em tons claros ou semelhantes aos utilizados nos revestimentos.


Porcelanatos escuros que imitam madeira também podem combinar com porcelanatos marrons ou bordô polidos, dando um toque moderno ao ambiente.


6. Polido ou Fosco: você escolhe


É uma questão de estilo. Neste caso, a dica é preferir os foscos para banheiros e áreas molhadas, enquanto o polido para a cozinha e áreas de baixa umidade.


7. Limpeza


Porcelanatos escuros precisam de atenção e cuidados especiais para não perderem a cor ou ficarem esbranquiçados ao longo do tempo. Esqueça os produtos de limpeza mais elaborados e aposte no detergente neutro e água limpa.